O Censo 2020 foi adiado para 2021, quem já fez a inscrição receberá o reembolso do valor pago. O IBGE estabeleceu formalmente com o Ministério da Saúde o compromisso de realocar o orçamento do Censo 2020 em prol das ações de enfrentamento ao coronavírus, mantidas por aquele Ministério. Em contrapartida, no próximo ano, o Ministério da Saúde realocará orçamento no mesmo montante com vistas a assegurar a realização da operação censitária em 2021.

Veja: https://www.ibge.gov.br/novo-portal-destaques.html?destaque=27161


Você quer um trabalho temporário? O IBGE vai selecionar pessoas com ensino médio e fundamental completo para trabalhar no CENSO 2020.  As inscrições estão abertas.

VEJA OS EDITAIS

Faça a inscrição no site: www.cebraspe.org.br

Valor das inscrições:

  • ACM/ACS R$35,80
  • Recenseador R$23,61
  • Período de inscrição de 05 a 24 de março
  • Funcionário público não pode por caracterizar acúmulo de cargo
  • São dois concursos em dias separados, pode se inscrever nos dois, se desejar:
  • ACM/ACS(COORDENADORES) salários de;
  • ACM(1°lugar) salário R$ 2100,00
  • ACS salário R$ 1700,00

Recenseador não tem salário fixo, mas pode ver uma estimativa pelo site:

https://censo2020.ibge.gov.br/trabalhe-no-censo/estimativa-de-remuneracao.html

  • Prova ACM/ACS dia 17/05
  • Prova recenseador dia 24/05

Conheça no vídeo a seguir, da websérie Servidor Explica, as situações em que o profissional é considerado impedido de atuar como servidor temporário do IBGE durante o Censo Demográfico 2020:

Assistiu ao vídeo, se certificou de que nada te impede e quer fazer parte da equipe que trabalhará no Censo?

Então acesse o site do Cebraspe e inscreva-se para o cargo de Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor ou para o cargo de Recenseador.